SOU Ross Harvey, fotógrafo de casamentos

Ross Harvey fotografa casamentos de luxo em todo o mundo e é conhecido pelo seu belo estilo criativo conseguido sem esforço. O seu blogue é uma fonte de inspiração para o ramo e Ross dá workshops que esgotam por todo o mundo. Venceu vários prémios internacionais e agora faz parte do júri em muitos dos principais concursos de fotografia de casamentos.

Ross atribui o seu êxito a outra paixão, a mente. Passou mais de duas décadas a estudar psicologia, ciência clássica e quântica, neurologia e filosofia com o único intuito de compreender os mecanismos de um raciocínio otimizado para a expressão criativa.
Ross Harvey

Perguntas e Respostas

Como se iniciou na fotografia de casamentos?
Inicialmente, queria fotografar na indústria da moda e formei-me para os estúdios. No entanto, sentia-me mais feliz e mais criativo quando fotografava sem qualquer tipo de restrição, quando seguia a minha intuição e fazia experiências em cada oportunidade que surgisse. A mudança para a fotografia de casamentos nunca foi planeada, mas depois da minha primeira sessão, que foi um favor a um amigo, apaixonei-me.

Qual é a tradição de casamento que mais gosta de fotografar?
Retratos! A combinação perfeita de enquadramento, iluminação, profundidade, cor e, acima de tudo, emoção é extremamente difícil de dominar, especialmente tendo em conta que os casais são quase sempre tímidos perante a câmara. Além disso, tenho apenas um pequeno período de cerca de 20 minutos para captar várias fotografias de topo, que são aquelas que vão ficar com o casal para o resto da vida. É preciso acreditarmos na nossa visão e nas nossas capacidades para isso, assim, somos forçados a avaliar o nosso próprio raciocínio.

Qual é o maior desafio ao fotografar um casamento?
Fotografo a grande maioria dos casamentos sozinho, sem assistentes. Os casais têm grandes expetativas, não só em relação a uma seleção, mas também a um álbum completo (que pode ter centenas) de fotografias, por isso, conseguir satisfazer essas expetativas é o desafio maior e mais gratificante. O essencial é contar uma história coerente, do início ao fim. Qualquer pessoa consegue tirar algumas fotografias excelentes num casamento, mas poucas conseguem manter esse nível durante mais de 14 horas, independentemente do contexto, da iluminação ou da situação.